Três professoras tocantinenses participam da semifinal da Olimpíada de Língua Portuguesa

As professoras Cleide Maria Lino, da Escola Estadual Girassol de Tempo Integral Meira Matos, de Aparecida do Rio Negro; Dinair Rocha de Sousa Teles, da Escola Estadual Rezende de Almeida, de Itapiratins; e Paula Rejane Pereira da Silva, do Colégio Estadual João Tavares Martins, de Araguaçu chegaram a a semifinal da Olímpiada.

No encontro, que está sendo realizado de forma virtual, as professoras estão participando de palestras, atividades formativas e culturais. O encontro encerra nesta sexta-feira, 5, às 18 horas, com o anúncio dos classificados para a etapa nacional da olimpíada. A cerimônia de encerramento será transmitida pelo canal do YouTube da Olimpíada de Língua Portuguesa e pelo portal Escrevendo o Futuro.

“Chegar à semifinal nesse contexto pandêmico foi muito comovente. Por meio do gênero documentário, promovemos uma reflexão sobre a nossa prática e repensar sobre as nossas metodologias, mostrando que devemos inovar e investir em aulas práticas. É preciso encontrar novas didáticas, novas dinâmicas e os novos caminhos tendo como o suporte as tecnologias. A olimpíada nos ajudou a sermos contagiados pelo mundo virtual e oportunizou o protagonismo e o empoderamento aos nossos educandos”, ressaltou a professora Cleide.

A professora Dinair falou de sua satisfação em participar da olimpíada. “A expectativa é muito grande, uma vez que é a primeira vez que chegamos a uma semifinal. Esta edição foi a que mais gostei e me chamou a atenção, juntamente com os alunos estamos fazendo um trabalho, cuja responsabilidade maior é dos estudantes, e como o relato da prática ficou evidente o quanto o trabalho coletivo tem mais força”, ressaltou. A professora Dinair, no seu documentário, mostrou os pontos turísticos da cidade, que tem um rio e como é a vida das pessoas que residem no interior.

“Presenciar esses professores com os seus relatos de trabalhos tendo destaque nos encontros das semifinais da Olimpíada de Língua Portuguesa é muito gratificante para todos nós da Educação do Tocantins. Esses resultados representam o compromisso que as escolas têm com a oferta de uma educação de qualidade. São professores que transformam desafios, em novas possibilidades de apresentarem os conteúdos, utilizando os roteiros de estudos, as plataformas digitais ou as redes sociais. A todos esses educadores da rede estadual e municipal que participam da olimpíada, a nossa gratidão”, ressaltou Markes Cristiana de Oliveira, superintendente de Educação Básica da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes.

Olimpíada

A Olimpíada de Língua Portuguesa está na sua 7ª edição e é uma iniciativa do Itaú Social e do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação e Ação Comunitária (Cenpec), com a o apoio do Conselho de Secretários de Educação (Consed).

Os encontros virtuais alusivos às etapas semifinais estão sendo realizados entre o período de 11 de outubro a 16 de novembro, com uma programação diversificada e atividades pedagógicas e culturais. A cerimônia de premiação nacional terá a data e forma divulgadas posteriormente.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: