Tocantins realiza Seminário de Vigilância em Saúde

O Seminário de Vigilância em Saúde do Tocantins será realizado nos dias de 26 e 27 de outubro. O evento é voltado aos profissionais de saúde do Estado, tendo foco principal para os gestores municipais e profissionais do SUS.

Transmissão online

A transmissão do evento será na modalidade virtual, através da plataforma Zoom, em parceria com o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Tocantins (COSEMS/TO) e, com transmissão simultânea pelo canal do Youtube da SES/TO.

Parceiros do evento

O Seminário é organizado pela Secretaria de Estado da Saúde do Tocantins, e conta com a parceria do Ministério da Saúde (MS), Conselho Estadual de Saúde (CES/TO), Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Tocantins (COSEMS/TO), Secretarias Municipais de Saúde no Tocantins, Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e Instituições de Ensino.

Programação

26/10 às 09h- abertura

09h40- Palestra magna com o Dr. Jarbas Barbosa, da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), com a palestra magna na abertura, com o tema “Vigilância em Saúde: Desafios e Perspectivas”, a mediadora será a superintendente de vigilância e saúde da SES, Perciliana Bezerra.

14h30- Primeira palestra com a Dra. Carla Freitas, com o tema “Vigilância Laboratorial: evolução e novas perspectivas”, a mediadora será a diretora do Lacen/TO, Jucimária Dantas Galvão.

15h40- Segunda palestra com a Dra. Daniela Buosi Rohlfs, com o tema “Novos componentes da Vigilância em Saúde: Vigilância em Saúde Ambiental e Vigilância em Saúde do Trabalhador – atuação do SUS no território”, o mediador será Sérgio de Oliveira Silva.

27/10 às 14h30- Palestra com o especialista Edmilson Diniz, com o tema “Vigilância Sanitária: desafios e perspectivas”, a  mediadora será Amanda Campos Leite.

15h40 – Palestra com Ma. Graziela Álvarez Corrêa da Costa, com o tema “Sistemas de Alerta Precoce e Resposta Rápida para Detecção e Controle de Emergência em Saúde Pública”, a mediadora será a diretora do CIEVS/TO Arlene Lopes da Cunha Otoni.

Com informações da Saúde Tocantins

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: