Aline é da cidade de Araguanã e descobriu o talento para o atletismo nas aulas de Educação Física - Foto: Marcio Vieira/Governo do Tocantins

O evento é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e servirá como preparação e seletiva de atletas para o Campeonato Mundial de Atletismo Paralímpico deste ano.

Aline é a segunda no ranking nacional estudantil em arremesso de peso e a quarta em lançamento de disco.

Em razão de seu desempenho nas provas que participou como estudante e no Meeting Loterias Caixas, ocorrido no ano passado em Brasília (DF), a CPB está de olho na atleta que é cotada para integrar a seleção brasileira paralímpica em competições internacionais.

Durante o evento os atletas serão submetidos a testes, avaliações físicas, participarão de palestras e de treinamentos.

O CPB financia todos os custos de hospedagem, alimentação, uniforme e transporte dos atletas e dos técnicos selecionados para o projeto.

O lançamento de pelota é uma das especialidades da paratleta.
Foto: Marcio Vieira/Governo do Tocantins

Paratleta

A aluna no Colégio Estadual Machado de Assis, em Araguanã, descobriu o talento para o atletismo aos 13 anos de idade nas aulas de Educação Física.

Aline pertence à classe funcional F40 (baixa estatura-anã) e se destacou nos Jogos Estudantis Paradesportivos do Tocantins (Parajets) em 2018, 2019 e 2021, sendo que neste último ano conquistou três medalhas de prata.

Seu maior feito até o momento foi nas Paralimpíadas Escolares de 2019, de onde trouxe duas medalhas de ouro e quebrou o recorde brasileiro estudantil nos lançamentos de dardo e de pelota.

Treinamento

A jovem atleta afirmou que o treinamento em São Paulo é uma oportunidade para evoluir e corrigir os erros.

“Estou ansiosa para participar e, com certeza, vou melhorar as marcas nas minhas modalidades”, disse Aline, deixando claro também que sonha alto e deseja chegar ao topo como a melhor do mundo e dar muito orgulho para o Tocantins e para todos.

O professor de educação física e treinador, Rafael Gabarrão, foi o primeiro a acreditar e a investir no potencial da atleta, a quem se dedica nos treinamentos que são feitos no campo de futebol do município de Araguanã e no cais à beira do Rio Araguaia.

“A Escola tem uma participação fundamental na trajetória da Aline porque foi lá onde tudo começou e também porque sempre ofereceu todo suporte no que diz respeito ao treinamento da atleta”, reforçou.

Com informações da Assessoria Seduc/Governo do Tocantins

DEIXE O SEU COMENTÁRIO