Gurupiense de 15 anos é primeiro tocantinense a conquistar título de campeão brasileiro de boxe

O jovem Dimithely Rodrigues Lago, de 15 anos, conquistou neste fim de semana o título de campeão brasileiro de Boxe olímpico, categoria cadete. O atleta que faz parte da Federação de Boxe do Tocantins é o primeiro do estado a receber uma medalha de ouro.

O Campeonato Brasileiro aconteceu na cidade de Cuiabá, Mato Grosso. Cerca de 200 atletas de 20 estados participaram da competição e o Tocantins ficou entre os melhores, levando uma medalha de bronze na categoria Juvenil e a de ouro na categoria cadete.

Divulgação

Para chegar até o título de campeão 9 competidores disputaram o pódio, Dimithely fez 2 lutas e foi pra final na 3 luta contra um atleta de São Paulo. O jovem começou a treinar a cerca de dois anos, muay thai e boxe, e como pugilista começou a trilhar o caminho das lutas. Participou da seletiva tocantinense que, aconteceu em Paraíso do Tocantins, e como campeão garantiu a vaga para maior campeonato do País.

Dimithely é atleta da Cabulosão Team, seu mestre é Fabricío Antônio de Oliveira, mais conhecido como Fabrício Cabuloso, um dos maiores representantes dos esportes de combate do Tocantins. Fabrício Cabuloso treina seus atletas para participarem de campeonatos em todo o país e recentemente participou do Campeonato Brasileiro de Kickboxing no Rio de Janeiro.

Durante o evento o narrador deu o título de Aroeira do Cerrado para o jovem Gurupiense que estava pela primeira vez em uma disputa nacional e já saiu campeão levando pra casa a medalha mais importante que, segundo o garoto, impulsionará e o motivará ainda a mais a seguir carreira.

Divulgação

“Quero treinar mais, continuar no boxe, e vou me aperfeiçoar pois agora eu sou o número 1 do Brasil, e preciso treinar muito mais, a responsabilidade para o ano que vem é maior pois tenho que defender o título”, destacou Dimithely.

Divulgação

O presidente da Federação de  Boxe do Tocantins Roberto Alves Rodrigues, contou que este ano o estado levou 7 atletas entre homens e mulheres para o campeonato. Desde 2011 participando do brasileiro esta é a primeira vez que o Tocantins conquista uma medalha de ouro.

“O objetivo da federação é fazer com que o atleta suba no pódio pois o competidor que fica entre os 4 primeiros recebe uma bolsa nacional, a bolsa atleta que é de um salário mínimo durante um ano do governo federal. Dando condições para os atletas se dedicarem cada vez mais ao esporte, o boxe olímpico” pontuou Roberto Alves e destacou a importância da prática esportiva na vida dos jovens: “ o esporte abre oportunidade para os jovens trilhar bons caminhos”.

Recepção

No retorno pra casa Dimithley foi recepcionando por amigos e familiares na rodoviária de Gurupi, a emoção da família é grande em ter um campeão nacional em casa.

“Pra mim é gratificante não é fácil ganhar um título desse são muitos competidores, deu certo, ele se preparou muito. Temos uma preocupação de saber que ele está em cima do Ring, é o que ele queria fazer e nós apoiamos a decisão dele. E estamos muito felizes e orgulhosos” falou o pai de Dimithely, Welington Pereira Lago.

Divulgação

Para 2022

O presidente da Federação destacou ainda que para o ano que vem muitos eventos devem ser realizados em todo o estado, o primeiro deles já em organização será um campeonato Regional de Boxe aberto a todo o Tocantins previsto para ser realizado em Gurupi no mês de fevereiro.

Competidores da Seleção Tocantinense

Divulgação

CADETES

51kg – MARIA EDUARDA XAVIER DE MELO
57kg – ALERRANDRA VITORIA DA SILVA REIS
66kg – JOAO VICTOR OLIVEIRA MOTA
75 -DIMITHELY RODRIGUES DO LAGO (Medalha de Ouro)

MASCULINO JUVENIL
60 kg – BRUNO GUSTAVO KOPP
67kg – PAULO GABRIEL DA SIVA VIANA
75kg -JUAN PABLO INACIO VIEIRA (Medalha de Bronze)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: