Conheça a “doce e confeitada” história de Gabriel

Ele é natural de Araguaína, região norte do Tocantins, tem 17 anos, e tem feito sucesso com seus bolos confeitados. O jovem conquistou paladares e, também, a atenção de milhares de seguidores divulgando seu trabalho nas redes sociais. Seu perfil já possuiu mais de 16 mil seguidores no Instagram.

Gabriel da Silva Porto, empreende desde os 13 anos com o intuito de ter seu próprio dinheiro, como contou ao site Donattus. Começou fazendo bolo no pote pra vender na escola. “Eu vendia a 5 reais e comecei a ganhar bastante dinheiro vendendo na escola, mas só durou uma semana, pois me proibiram de vender lá, porque se alguém passasse mal, a responsabilidade estava sobre eles (gestores e professores da escola)”.

Gabriel conta que logo sentiu falta daquele dinheirinho que estava ganhando e começou a pensar em alternativas. “Algumas

pessoas que compraram na escola continuaram me pedindo, mas eram poucas as encomendas e eu sentia que estava perdendo dinheiro, então comecei a vender na rua, só que não vendia como na escola, eu descia e subia avenida principal de Araguaína e não vendia nada”, relembra o jovem.

O primeiro bolo de aniversário

A primeira encomenda de um bolo de aniversário foi feita por uma tia do Gabriel. Quando ela perguntou se ele conseguiria fazer um bolo de aniversário de 2 quilos, o garoto, que nunca havia feito respondeu prontamente: “consigo, consigo!”, “eu não sabia nem pra onde ia”, riu lembrando.

Ele disse que ficou muito nervoso, mas encarou o desafio. Comprou os materiais, e preparou o bolo. Era para ser 2kg, mas no final ficou com 5kg, ainda bem que o aniversariante e todos que comeram do primeiro bolo do Gabriel gostaram.

Desde esse primeiro bolo ele fazia fotos e postava nas redes sociais. E assim outras encomendas começaram a surgir. “Uma da amiga escola viu a foto e me encomendou, ao redor dele era todo de biscoito waffer, mas fiz e deu certo, da foto desse que postei mais uma encomenda surgiu e assim foi”, recordou o confeiteiro.

A paixão surgiu

Gabriel foi se encantando por esse mundo da confeitaria e começou a pesquisar na internet, estudando sozinho mesmo, assistindo a vídeos de confeiteiros no Youtube, aprendendo, praticando e cada vez mais se apaixonando pela área. “Não fiz cursos, sozinho busquei e adquiri conhecimento e a partir do aprendizado da internet fui desenvolvendo minhas próprias técnicas e dando tudo certo”.

O crescimento do negócio

No facebook Gabriel postava fotos dos bolos nos grupos, mas estudando, percebeu que os confeiteiros famosos estavam mesmo era no Instagram. Então ele transformou sua conta pessoal em profissional, criou logomarcas, mudou os nomes algumas vezes, começou a postar conteúdo com frequência, mostrar seu trabalho e interagir com os seguidores. Assim conseguiu crescer na rede social, hoje com mais de 16 mil seguidores, milhares de visualizações em seus vídeos, como também aumentou exponencialmente a sua clientela. “Antes eu fazia em média de 30 bolos por mês. Hoje faço entre 5 e 9 bolos por dia”, contou.

E não somente faz bolos e doces, como ensina também. Gabriel já tem seu próprio curso de confeitaria e já ensinou mais de 200 pessoas. Foto: arquivo pessoal

Segundo Gabriel, estar presente na rede social é importante para o crescimento do negócio, mas enfatiza que a humildade também é essencial nesse processo. “Sempre postar conteúdo, interagir, mostrar meu trabalho todos os dias, isto é o segredo para gente crescer, mas é preciso ser autêntico, humilde, e em momento algum deixar o sucesso apagar a chama de humildade dentro da gente”, ressaltou.

Formalização

Outro fator importante para a expansão do negócio, conforme o jovem confeiteiro, foi formalizar o negócio. Ele conta que um dos benefícios de ter se tornado MEI foi importante poder colocar seu negócio nos aplicativos de Delivery da cidade atraindo ainda mais clientes. “Isso ajudou muito, já exigem um CNPJ”, explicou Gabriel.

Futuro

Para o futuro, ele já tem projetos: montar uma fábrica própria e uma doceria “para poder atender melhor minha clientela e claro expandir muito e muito. Me vejo rico também no futuro”, concluiu o jovem, que não apenas sonha, mas está fazendo acontecer!

Parabéns Gabriel, estamos na torcida por você, certamente outras pessoas serão ajudadas por meio da sua história inspiradora e do seu negócio.

E se você tem ou conhece alguém com uma história inspiradora, conta pra gente, entre em contato aqui direct do nosso perfil no instagram ou envie um e-mail para [email protected]

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: