Coletivo Agulha Cenas lança espetáculo Lumaréu

O espetáculo trata a questão dos incêndios florestais e as consequências para a fauna e flora tocantinense. O projeto do Coletivo Agulha Cenas, pode ser assistido nesta sexta-feira, 17, às 19h, no canal do projeto no YouTube, a classificação é livre. O espetáculo de dança e teatro Lumaréu aborda o elemento fogo e todo o seu poder por meio de experiências estéticas.

A produção artística une dança, poesia e teatro para trabalhar peculiaridades da realidade ambiental, social e cultural regional e aborda a ressignificação do elemento fogo como símbolo recorrente em experiências estéticas, como no caso de produção poética de Paulo Aires Marinho, onde ele testemunha como o fenômeno ressoa na subjetividade dos tocantinenses: “Sigo aprendendo do fogo/A lição dos olhos que dormem,/E renascem por pura teimosia, /Contrariando a inveja das cinzas.”

Acesse o Canal do Youtube: Lumaréu

Divulgação Coletivo Agulha Cenas

Embora ameaçador, o poder do fogo assume no espetáculo um sentido positivo, combustível da perseverança, da capacidade de se conhecer e se reinventar. “Juntos, fatos brutos e poesia representam um rico contexto”, adianta a diretora do espetáculo, Renata Souza.

O projeto Lumaréu é uma realização do Coletivo Agulhas Cenas, contemplado pelo prêmio Aldir Blanc, da Adetuc e Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo, via Secretaria Especial da Cultura e Fundo Nacional de Cultura.

Com informações da Assessoria Adetuc

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: