FOTO: Fábio Lima/O Popular)

Valdomiro de Sousa, um brasileiro prestes a atingir os 90 anos, é um exemplo inspirador ao concluir seus estudos em Medicina, provando que os sonhos podem ser realizados em qualquer fase da vida, e a idade é apenas um número.

Ex-pedreiro e empresário, ele está prestes a concluir o curso no mesmo ano em que enfrentou um AVC, sendo homenageado pela faculdade, o Centro Universitário Alfredo Nasser (Unifan), com uma láurea acadêmica em reconhecimento à sua dedicação excepcional.

“É uma honra para mim, pois não há ninguém no mundo com uma história como a minha, nem mesmo se procurarmos na China, no Japão”, brinca Valdomiro.

Reconhecimento do esforço

Valdomiro completa 90 anos em 16 de novembro, a mesma data escolhida pela coordenação do curso de Medicina para sua formatura.

“Ele desejava tanto essa formatura que decidimos realizar a cerimônia em seu aniversário como forma de reconhecer seu esforço e desempenho”, afirma o médico Marinaldo Soares, coordenador do curso.

A celebração é ainda mais especial porque ocorre no mesmo ano em que o empresário se recupera de um AVC, ocorrido em fevereiro.

De ajudante de pedreiro a empresário

Aos 16 anos, Valdomiro deixou Cristianópolis, cidade do interior de Goiás, e foi para Goiânia. Inicialmente, trabalhou como ajudante de pedreiro para custear seus estudos em contabilidade. Mais tarde, tornou-se dono do próprio negócio.

“Abri uma firma com uns 20 anos, foi então que consegui melhorar minha condição de vida. Nessa época não tinha carro, fazia tudo de bicicleta. Sofri demais, mas venci”, conta Valdomiro.

Ele tentou cursar Medicina, mas na época não foi aprovado. Anos depois, ao descobrir uma jazida de nióbio na fazenda do frigorífico, fez um bom investimento. Aos 70 anos, cursou Direito, e aos 90, está prestes a realizar seu sonho de se tornar médico.

Fonte: Só Notícia Boa

DEIXE O SEU COMENTÁRIO