Governo do Tocantins moderniza gestão da frota de veículos oficiais

O conceito do novo modelo é centralizar, em um único local, a gestão de todos os veículos que atendem aos órgãos públicos. O funcionamento foi inspirado em centrais de frota de empresas públicas e privadas.

Na última sexta, 23, a Secretaria de Estado da Administração – Secad publicou, no Diário Oficial, o contrato com a empresa Ticket Soluções que estabelece o funcionamento.

Para isso, foi contratada uma empresa terceirizada, especializada na gestão de frota, para atender à demanda de deslocamentos urbanos e de viagens intermunicipais de 36 órgãos estaduais, durante o prazo de 12 meses.

O Governo espera que centralização da frota otimize e modernize a gestão, além de gerar economia aos cofres públicos.

A Secad, por meio da Superintendência de Administração e Finanças, desenvolveu um estudo, analisando modelos utilizados em outros locais. Com base nestas experiências de terceirização e centralização de frotas, os técnicos da secretaria verificaram a eficiência e a economia do sistema para adoção no Estado.

“Foi realizado todo um estudo para observar os gastos do Estado com a manutenção e o abastecimento da frota. A partir disso, a Secad construiu uma proposta de mudança no foco de algumas áreas específicas da gestão destes serviços, criando este novo modelo”, ressaltou o superintendente de Administração e Finanças, Cleomar Arruda.

Gestão/Secad

De acordo com a Superintendência de Administração e Finanças, outra novidade é que a gestão da frota estadual passa a ser centralizada na Secad, a qual vai gerenciar, em conjunto com os demais órgãos, tanto o fluxo de abastecimento (por meio do cartão), quanto à manutenção dos veículos oficiais.

Segundo o superintendente, Cleomar Arruda, o Estado necessitava de um modelo de gestão integrado, que controlasse todo o processo de abastecimento, compreendesse e atendesse às necessidades de administração de toda a frota.

“O principal ganho será na economia no combustível, além da segurança e qualidade do sistema integrado, que vai gerar dados atualizados permitindo analisar o dsempenho de toda a frota do Estado”, enfatizou.

Mudanças

Pelo modelo atual, cada órgão possui seus carros, faz a manutenção e abastece na Garagem Central. Com a contratação, a empresa é responsável por todos os custos para o funcionamento da frota, manutenção, abastecimento, equipe de operação, instalações físicas, entre outros.

Vale destacar, que na transição, serão encerrados contratos de locação, manutenção e abastecimento, além de desativar o posto de combustível da Garagem Central.

Com informações do Governo do Tocantins

Comentários do facebook

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: