No Tocantins estado de calamidade pública é prorrogado até 30 de junho de 2021

O Decreto 6.202 foi publicado no Diário Oficial (DOE), edição dessa terça-feira, 22, alterando o Decreto 6.156, de 18 de setembro de 2020. O governador Mauro Carlesse, prorrogou até 30 de junho de 2021, a declaração de estado de calamidade pública, em todo o território tocantinense, em razão da pandemia do Coronavírus.

Covid/Tocantins

De acordo com o último Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), nessa terça, 22, o Tocantins acumula:

  • 88.070 casos confirmados, dos quais 78.693 pessoas já se recuperaram e outros 8.159 possuem casos ainda ativos.
  • 1.218 pessoas morreram devido a complicações da Covid-19.
  • Do total de casos ativos, 143 pessoas encontram-se hospitalizadas, sendo 101 em leitos públicos e 42 em leitos privados; destes, 80 recebem os cuidados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI Covid-19).

“O cenário da pandemia da Covid-19 se mantém, mesmo com o passar do tempo. Recentemente, tivemos a boa notícia de que em breve teremos vacinas disponíveis contra essa doença. Até lá continuaremos fazendo a nossa parte e oferecendo assistência adequada para os tocantinenses que contraírem o vírus e precisarem de cuidados especiais. Nosso pedido é que as pessoas mantenham os cuidados como o uso de álcool em gel, de máscara e o distanciamento recomendado pelos órgãos de saúde”, afirmou o governador Mauro Carlesse.

Estado de Calamidade

O estado de calamidade pública no Tocantins foi declarado pelo governador Mauro Carlesse no dia 21 de março deste ano, sendo prorrogado em setembro até o dia 31 de dezembro de 2020. Com a publicação do novo decreto, que começa a produzir efeitos a partir de 1º de janeiro de 2021, a decisão fica prorrogada por mais 180 dias.

Com informações do Governo do Tocantins

Comentários do facebook

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: