O seu destino está em suas mãos, só depende de você

Todos os dias recebemos um presente, são 24h que temos para mudar as nossas atitudes, correr atrás dos nossos sonhos, fazer a diferença na vida de outra pessoa, acreditar e batalhar por uma vida melhor. São pequenos detalhes diários que fazem uma grande diferença no bem-estar de uma pessoa.

Por Francisco Donato 

É certo que pra muita gente é melhor deixar as coisas como estão, se sentir acomodado, afinal já tenho trabalho, já estudei, ganho dinheiro, porém vem a reflexão: será que devo parar aqui ou eu posso buscar muito mais? O segredo do sucesso está em nossas mãos, nas atitudes que temos diante das situações, na forma como encaramos os problemas, na gratidão que temos por mais um dia de vida.

Parece aqueles textos de auto ajuda que para muitas pessoas não fazem a mínima diferença, mas você já parou pra pensar que somos reflexo das nossas vontades? Somos espelho da nossa determinação? Marcos Scaldelai no livro:”Indispensável, imbatível e invencível” conta que para gerar resultados e ter o reconhecimento que você merece é necessário se refazer e se reinventar todos os dias. O autor explica que é preciso se libertar das crenças limitantes e despertar o seu lado extraordinário, buscando ser diferente para ter novos resultados e se destacar, não se deve perder os minutos preciosos da vida reclamando, pelo contrário, gaste este tempo estudando, planejando e executando, ações que vão te impulsionar a se tornar um ser humano melhor e inspirador para outras pessoas.

Charles Schulz cartunista e criador dos personagens Charlie Brown e o seu fiel amigo Snoopy certa vez disse “A vida é como uma bicicleta com câmbio de dez velocidades. A maioria de nós tem marchas que nunca usa”. Esta frase reflete bem o medo que muitas pessoas têm de mudanças, de alterar as velocidades da vida, de ser diferente diante de tantos iguais.

A reflexão aqui é para que possamos entender que podemos muitos mais, desde que estejamos dispostos a sair da zona de conforto. Afinal a responsabilidade de onde eu estou é minha, não é culpa de ninguém, eu sou responsável pelo meu destino e tudo isso depende das minhas atitudes e escolhas.

Roberto Shinyashiki um dos maiores palestrantes do país em seu livro: “Pare de dar murro em ponta de faca” destaca: “Um dos piores erros que acontece e faz a pessoa infeliz é não assumir o controle da própria vida e se tornar um RAD – aquele que reclama, acusa e dá desculpas”. Aqui encontramos três pilares que norteiam a vida de uma pessoa que não acredita em si mesmo, a reclamação onde tudo está errado, onde as lamentações já substituíram os sonhos,  onde reclamar é melhor que agir.

As acusações, aqui colocamos culpa de todos os erros em outras pessoas ou nas circunstâncias, e por último e a que considero uma das mais complicadas de se libertar é o campo das desculpas, onde pra tudo eu tenho uma desculpa, não fui devido à chuva, não estudei pois não tinha livro, não cresci profissionalmente pois ninguém me deu oportunidade e aqui percebemos a diferença de quem quer se libertar do comodismo, é você que cria as suas oportunidades deixe de ser um RAD e comece a traçar a linha da sua vida que não precisa ser linear ela pode ser cheia de curvas desde que você tenha um objetivo em mente.

O escritor Paulo Vieira em seu livro o poder da autorresponsabilidade escreveu seis leis importantes para assumir o controle da vida e ser diferente nos resultados.

  1. Se é pra criticar, cale-se.
  2. Se é para reclamar, dê sugestão.
  3. Se é para buscar culpados, busque solução.
  4. Se é para se fazer de vítima, faça-se de vencedor.
  5. Se é para justificar seus erros, aprenda com eles.
  6. Se é para julgar as pessoas, julgue apenas suas atitudes e comportamentos.

As leis da autorresponsabilidade de Paulo Vieira mostram o caminho que devemos seguir, mas aí vem a reflexão, eu estou preparado para ser uma pessoa diferente a partir de hoje? Eu consigo ser melhor do que fui ontem? A resposta tem que partir de dentro de você.

É fato que não é fácil começar de novo, porém é muito mais difícil permanecer onde estamos, sem perspectiva, apenas sobrevivendo e não vivendo como tem que ser. Este texto é um alerta, um despertar na sua atenção de que é possível construir uma vida de sucesso, e quando eu falo de sucesso não estou me referindo a quantidade de dinheiro que você acumulou e sim a felicidade e a diferença que você faz na vida de outras pessoas.

Seja o autor do seu destino, lute para ser um vencedor. Pense nisso.

Comentários do facebook

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: